Por Lara Gabrielli

Oficialmente, de acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria em parceria com o Conselho Federal de Medicina, o dia 10 de setembro é considerado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, e em ato de conscientização a esse dia, contamos com a participação de Miguel Adailton para uma palestra na FPAC. Confira o que rolou:

SETEMBRO AMARELO NA FPAC

O alto índice de suicídio nas últimas décadas nos alerta a importância de ainda falarmos sobre o assunto. São registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo, uma triste realidade presente entre os jovens. E no intuito de colocar o tema como pauta na sociedade, o Setembro Amarelo ganha cada vez mais força, e nós da FPAC também nos mobilizamos e nos conscientizamos a respeito.

Para abordar o assunto, no dia 16 de setembro contamos com a presença de Miguel Adailton como palestrante, que compartilhou algumas estatísticas, maneiras de identificar sinais de comportamentos suicidas e como agir. Miguel Adailton é Capelão do Grupo Campos Salles, Pedagogo com Pós-Graduação em Psicologia e autor dos livros “Viva Intensamente Sem Drogas” e “Quem Ama, Protege”.

COMO AGIR?

É possível prevenir o suicídio. Existem muitos sinais que nos alertam para a possibilidade de tentativa ao ato por parte de uma pessoa. “Uma pessoa que pensa em se suicidar não quer desistir da vida, mas matar o que a faz sofrer. É preciso ficar atento aos sinais de risco, mesmo que não sejam tão claros. A melhor maneira de ajudar é ouvir a pessoa de forma mais respeitosa, tentar compreendê-la e buscar uma solução junto a ela. ”, comenta Miguel.

É de grande importância se atentar ao comportamento do próximo. Ao observar sinais como desesperança, tendência de autossabotagem ou atitude agressiva da outra parte, faz-se necessário oferecer ajuda. Ouvir atentamente sem julgamentos, ser compreensivo, amoroso e parceiro, pode salvar vidas.

ONDE BUSCAR AJUDA?

A FPAC dispõe de uma Capelania que está disponível para ouvir, aconselhar e apoiar os alunos que estejam passando por momentos difíceis. Converse com Miguel Adailton, o nosso capelão, ligando (11) 3649-7000 / Ramal 1880.

Ou converse com o CVV pelo telefone 188.